Huno Diversos

5 simples exercícios de respiração que deve fazer diariamente

Mulher relaxada no sofá

Vai sentir-Se calmo e dormir melhor

A respiração consciente (controlada, lenta e calma, a que temos nos momentos de descanso) não só estimula a resposta relaxante do sistema nervoso, mas que, além disso, pode ter um efeito positivo sobre a pressão arterial, demonstram vários estudos. A respiração abdominal profunda melhora a troca de oxigênio de entrada e de dióxido de carbono de saída, o que ajuda a baixar o ritmo cardíaco e a diminuir a tensão.

Pelo contrário, a respiração superficial, não profunda, limita o movimento do diafragma e a parte inferior dos pulmões, não têm todo o ar que podem absorver, o que se traduz em falta de ar e ansiedade. Outros estudos mostram que a respiração consciente potência de irrigação da região cerebral que processa os estímulos sensoriais.

Exercícios de respiração que podem ser facilmente fazer diariamente

A respiração controlada não é algo que deva retirar-se para os confins de uma sala de ioga: você pode fazer no ônibus (quando mais precisamos nos livrar rapidamente do estresse), ou em casa, antes de deitar. Abaixo divulgamos as técnicas fáceis que deveriam fazer parte de nosso dia.

1. Quando você precisa de um extra de energia.

Comece por sentar-se em posição semi-reclinada. Abra amplamente a boca, o suficiente para que caiba um dedo entre os dentes e feche os olhos. Agora, imagine que você tem um balão no abdômen e aspire duas vezes, inflando o balão, e continue com uma exalação suave. É o ritmo, por exemplo, We will rock you, do Queen. Fique cinco minutos na mesma posição, repetindo o processo, e veja como se sente. Esta forma de respirar deve revitalizarle.

2. Quando você precisa de tranquilizar-se rapidamente

A maneira mais fácil de recuperar a calma é “dirigir” o ar para o abdômen em lentas e longas inspirações, seguidas por espiraciones mais longas. Podem ser feitas tanto pela boca como pelo nariz. Novamente, imagine que o intestino é um balão que está inchando e deshinchando. Faça-o da maneira que quiser, com o qual se sinta confortável e concentre-se no aumento e diminuição do tamanho do abdômen. Faça isso por alguns minutos e veja como se sente. Esta prática lhe distraídos por, fazendo com que a mente deixe de se concentrar no pensamento ou a tarefa que gerava o estresse.

3. Quando você precisa se concentrar

Simplesmente faça pausas em momentos oportunos, quando você precisa se concentrar em algo e coloque a mão no abdômen. Inspire uma vez, muito lentamente e com profundidade, e, em seguida, espire lentamente. Esta pausa respiratória fornecer-lhe certa calma, facilitando o foco.

4. Quando não conseguir dormir

As técnicas descritas acima, realizadas antes de dormir, podem ajudar a aliviar os problemas de sono, mas devem ser feitos na cama, com um par de almofadas colocadas adequadamente. Será melhor, neste caso, respirar pela boca, no lugar do nariz, de modo que a inspiração profunda do ar que chegará mais para baixo no corpo. Isso estimulará o relaxamento e distraídos por a mente desse milhão de pensamentos de todo o dia que lhe ronda a cabeça.

5. Consiga que seus filhos exalam conscientemente

Esta é uma tarefa gratificante, o que fortalece o vínculo entre pais e filhos. O importante é transformar a prática da respiração em um jogo, de modo que as crianças associem a diversão. Adaptar a técnica para adultos à criança, colocando-o seu brinquedo favorito na tripa, inspirando e espirando profundamente e competindo para ver quem aguenta mais tempo o brinquedo na posição mais alta. De acordo com a idade da criança, pode pô-lo em cima, de modo que quando respire possa sentir o sobe e desce de seu abdômen.



Huno Diversos

7 mantras para se manter em forma em 2018

Um bom propósito para 2018: uma mudança em seu estilo de vida, dirigido a mais bem-estar e a fazer a sua vida mais saudável. Mantras, é isso. Algo que, à força de repeti-lo, acaba por penetrar na mente. Aqui propomos alguns que pode ser repetido a si mesmo cada vez que flaquee.

Vai picar os pés no encosto do sofa

Repetir…

1. Deixa de buscar o sonho. Chegará

É uma velha paradoxo: fazer o impossível para dormir é a maneira de ficar em vela.

Dormir é um processo natural, e o costume forçado a fazê-lo, até mesmo controlá-lo, muitas vezes agrava os sintomas da falta de sono. É um círculo vicioso, ficar na cama tentando fazer com que o sonho se presente: é uma fonte de frustração e ansiedade e acaba gerando tensão, o que, por sua vez, evita o sono e o sonho. A crença de que “se persevero tentando chegar” acaba associando a cama para a vigília.

Que o que é melhor? Levantar-se. Se há mais de vinte ou trinta minutos deitado sem dormir, saia da cama, mude de quarto e faça algo relaxante: ler, ouvir música ou tomar uma bebida quente. Deixe que a natureza faça o seu trabalho, você verá como acaba por se deitar e dormir.

Devem fazer parte de nossa rotina diária

2. Mova-se frequentemente para mover bem

Nos movemos de muitas formas, ao longo do dia. Nos prostramos, retorcemos, sentamos, levantamos, caminhamos e até corremos. Diria que somos feitos para se mover, e não para essa vida sedentária que muitas vezes nos obriga ao trabalho.

Mover-se com regularidade e fazer um pouco de exercício é essencial para alcançar um certo bem-estar, tanto físico como mental: melhora o sistema imunológico e melhora a saúde em geral.

É sabido (qual é mesmo?) que o exercício estimula os hormônios da felicidade no cérebro, mas também estimula a função cognitiva, a capacidade de concentração e a memória. Mesmo ajuda a regenerar os tecidos na sequência de uma lesão e pode reduzir a dor como um anti-inflamatório natural.

Sim, desloque-se para mover-se bem. Mesmo quando se apresenta a artrite!

Onde há que centrar os esforços para melhorar a auto-estima e acabar com a ansiedade

3. Date uma homenagem com um bom lombo

A carne vermelha é mais saudável do que se acredita. A recente alarme criada com as carnes vermelhas, de acordo com a qual há que evitar a carne de vaca, o boi, o porco e o cordeiro deve ser entendido em sua justa medida, ou seja, com cuidado. Comer carne vermelha com moderação é realmente benéfico, pois constitui uma boa fonte de ferro (para energia), selênio (antioxidante), zinco (sistema imune) e, é claro, de proteínas (função muscular e a saúde óssea). A pesquisa da OMS relativa ao risco de câncer, que implica se baseou em ingestões excessivas de carne (de até 700 gramas por semana), fundamentalmente de produtos curados e salgados.

Há estudos que mostram que aqueles que eliminam a carne da dieta sofrem algum défice de vitamina B, ferro e zinco. A carne deve voltar com precaução em nossa dieta. Sim, há que evitar queimá-lo ou chamuscarla.

Alguns especialistas recomendam uma ingestão semanal de até 500 gramas de carne. Procure escolher magra, com pouca gordura (e com pouca gordura deve ser cozida) e… acompáñela com muita verdura

Prato com um filetePublicidade

4. Saia para se manter ligado

Felizmente há cada vez mais pessoas capazes de desligar o celular e “desintoxicar digitalmente”. Até os jovens acabarão, esperemos, por isso cada vez mais. Já experimentou a você? Você Verá que a vontade se sente desconectar-se do telefone e das redes sociais.

A tecnologia é uma causa aguda de stress. E para relaxar e ficar um pouco em paz precisamos de nos desentendermos de notificações e outros. É necessário pensar em como nos sentimos realmente, e criar laços mais estreitos com aqueles que estão ao nosso redor, sem e-mail, WhatsApp e outros.

Fazer as coisas com calma, sem pressa, é mais benéfico para a saúde do que apressar-se; mas é necessário diminuir o ritmo para isso!

Como saber se os problemas vão além do dia-a-dia

5. Respira, respira bem

Quando nós respiramos conscientemente, ou seja, prestando atenção à inspiração e exalação do ar, chegamos a um melhor entendimento, leia-se conhecimento, de nós mesmos, de nosso mundo e as nossas relações com o ambiente. Os especialistas em yoga, uma prática que vai muito mais além do puramente físico, assim o asseguram.

Respirar conscientemente é transformar tanto o interior como o exterior, à medida que caem os níveis de estresse, nossa saúde se revitaliza e as emoções se estabilizam.

Respire profundamente, agora mesmo, de acordo com lee. Enche bem o peito de ar e imagínelo alimentando de oxigênio para o coração.

Mulher sentada em um sofá, relaxado

6. Melhor descansa

É importante encontrar o equilíbrio entre o trabalhar, descansar e se alimentar adequadamente.

Não é necessário passar cada momento livre no ginásio ou correr para garantir um estilo de vida saudável. As formas de pensar, comer e descansar representam 95% dos ingredientes necessários para uma boa saúde.

Sem horas suficientes de sono, o nível de cortisol aumenta, e também há o excesso de gordura, uma vez que a massa muscular desce. Ficar na cama um par de horas mais tem, para alguns, muitos mais benefícios do que lançar-se no centro de fitness. No que diz respeito às refeições, lembre-se de que menos é mais: coma regularmente pratos pequenos. E, no que diz respeito ao exercício, 3 ou 4 vezes por semana servirão para mantê-lo em fo rma.

A melhor coisa que você pode fazer diariamente para a sua saúde

É fácil, gratuito e não nos faz suar; mas deve diminuir o risco de câncer, avc, diabetes, depressão…

7. Cuidado com a pele

Seja uma nova mancha, outro lunar, ou uma nova peca, se surge algo novo, nunca será de mais de ir a um dermatologista para que ele lhe dê uma olhada completa.

A prevalência de câncer de pele tem aumentado mais de 300% desde os anos setenta e podem se apresentar em qualquer idade, em qualquer tipo de pele.