Huno Adulto

Sintomas de Impotência Masculina – Tratamentos para a Impotência

Podemos determinar que a impotência masculina é a incapacidade de obter uma ereção, ou a capacidade de atingi-las, mas de forma ineficiente, é dizer que não tem a força necessária para concretizar a penetração ou uma muito baixa duração.

Neste caso, falaremos, principalmente, os sintomas de impotência masculina:

O sintoma de impotência principal e mais recorrente é o da impossibilidade de ter e manter uma ereção para realizar a penetração. Você também pode determinar como outro sintoma o fato de que se consegue uma ereção, mas não dura o suficiente para realizar o ato sexual.

Há outros sintomas de impotência no homem, todos relacionados às ereções e o ato sexual, alguns determinando diferentes fatores, como por exemplo:

  • Ereções noturnas, mas que não aparecem durante o dia.
  • Ereções durante a masturbação, mas que não se concretizam durante o ato sexual.
  • Ejaculações precoces, que ocorrem quase de forma inconsciente, na noite ou ao acordar.
  • Ejaculação precoce que não permite terminar a relação sexual.
  • Curvatura no pênis, e pode apresentar dor no início da ereção, principalmente em homens que desenvolveram a doença de Peyronie.

Além dos sintomas de disfuncion). relacionados a nível sexual e físico, os pacientes que sofrem desta patologia, sintomas psicológicos, como por exemplo:

  • Ansiedade provocada pelo sexo.
  • Frustração que pode levar à depressão por não poder concretizar a ereção.
  • Sentimento de culpa por não poder satisfazer o seu parceiro.
  • Evitar o ato sexual.
  • E outros.

Esta condição é um círculo vicioso, porque os sintomas de impotência físicos provocam os sintomas psicológicos, e, por sua vez, os últimos piorar, os primeiros, o que é uma situação de nunca acabar, se não se busca uma solução.

Como saber se tenho impotência?

Impotência ou disfunção erétil, é muito fácil de identificar porque os sintomas são muito específicos. Por isso que você deve responder às perguntas Posso ter uma ereção?, O meu tesão é forte e firme?, O meu ereção dura para poder realizar o coito? Se todas ou algumas das respostas foram negativas, sem dúvida, está diante de uma situação que, possivelmente, seja de disfunção..

Antes de mais nada, é importante esclarecer que cerca de 90% dos homens já viveram ou viverão, ao menos um episódio de disfunção erétil, o que se tem passado poucas vezes, não é um motivo de grande preocupação, é considerado um transtorno de impotência quando os episódios que se estendem por mais de 3 meses.

Uma vez que você tenha detectado os sintomas, que fazem suspeitar de uma disfunção erétil, é necessário que se tenham em conta o restante das situações, para determinar o que é o que realmente está causando o transtorno. Para fazer isso é necessário apresentar:

As alterações de dados Em relação às mudanças que se dão na vida do homem, incluindo, se realizou uma cirurgia na pelve, escroto ou próstata, se começou a consumir drogas, tabaco ou álcool, se começaram a realizar exercícios de peso, se tem aumentado a pressão arterial ou o colesterol, se foi apresentado um escape venoso, etc.

Se há distúrbios hormonais: Os distúrbios de hormônios são graves produtores de impotência, por isso deve detectar se há diabetes hormonal, se há deficiências no funcionamento da tireoide, se há doença de Peyronie, etc.

Há alterações psicológicas?: As causas psicológicas são disparadores de sintomas da impotência masculina, por isso que tem que ser analisado se há algum problema presente, seja depressão, ansiedade, pânico, distúrbios de personalidade, problemas de casal, baixa auto-estima, etc.

Histórico de câncer: O câncer tanto de próstata como de diafragma são causadores da eliminação dos nervos e do tecido que cercava o tumor nesse momento, o que pode ser um risco que causa disfunção erétil.

Alterações na libido: A falta de desejo sexual ou o excessivo desejo podem ser disparadores destes sintomas da disfuncion..

Como determinar se os sintomas de impotência?

Para detectar a disfunção erétil e determinar o transtorno, como tal, é necessário recorrer a uma clínica especialista, para que um profissional possa determinar a impotência, os sintomas, níveis, e o tratamento de impotência adequado.

Quando você chegar a um profissional, se você praticar diferentes estudos, incluindo:

Exames de objectificação de ereção espontânea:

  • Rigidez e tumescencia noturna do pênis: Estudo com o qual se controla se o paciente tem ereções enquanto está dormindo. O exame pode ter uma duração de 3 noites.
  • Estimulação visual: trata-Se de ver se o paciente tiver uma erecção ao ver filmes de estilo erótico, o que pode eliminar uma causa orgânica e determinando uma causa psicológica para os sintomas de impotência masculina.
  • Injeção intracavernosa: Através de uma injeção, se introduz o paciente prostaglandina E1 e foi colocado um estímulo visual para determinar qual é o tempo que leva para ter uma ereção suficientemente forte.

Exames Neurológicos e Vasculares

  • Ultra-sonografia das artérias peneanas: É realizado um procedimento dinâmico, que mede o fluxo das artérias, depois de ter aplicado uma injeção ou ter tomado um comprimido de ereção, em conjunto com estímulos visuais.
  • Cavernosometría e Arteriografía: É um estudo dedicado a pacientes que devam ser realizados de uma reconstrução vascular, já que permite determinar quão grossas são as artérias que levam o sangue até os corpos cavernosos do pênis.

Se você tem alguns dos sintomas da impotência masculina, não esqueça:

  • Detectar que se apresentem por mais de 3 meses.
  • Não se preocupar demais para não piorar os sintomas.
  • Ter hábitos de vida saudáveis.
  • Consultar um profissional para determinar o transtorno.
  • Realizar os estudos necessários para determinar a causa da disfuncion..
  • Realizar o tratamento indicado para poder erradicar ou controlar a causa do problema, para eliminar a impotência.

Se você sofre de você seguir todos os passos para a perfeição e melhorar a sua condição sexual de forma rápida e segura, por isso não precisa de se preocupar, só pensa que vai chegar a uma solução definitiva.